às tantas a filosofar

Seis anos de técnico devem afinal ter-me ensinado alguma coisa: quem me tiver visto ultimamente pode testemunhar, ando calma* e alegre, apesar da pressão enorme e crescente (para acabar a tese). E não só exteriormente, apesar de sentir constantemente o peso da tarefa que tenho para acabar.
O técnico deve-me ter ensinado que não vale a pena levar as coisas tão a sério ao ponto de andar a ser roída por elas, que há sempre alguém com um prazo mais apertado e com mais trabalho do que eu e que consegue fazer tudo, e que eu também vou conseguir, basta dar o meu melhor… Mesmo que o meu melhor me leve a finais diferentes dos esperados.
São 3h25 da manhã, vou dormir. A esta hora era capaz de me pôr a filosofar por páginas e páginas!

*excepto quando me apetece dar murros no computador quando estou há horas a perceber onde está um estúpido bug. Mas isso só acontece, em média, 2 vezes por dia!

PS: e por falar em Técnico, já viram o novo look do site?

About these ads

4 thoughts on “às tantas a filosofar

  1. Eu acho que o Técnico nos dá muito mais do que conhecimentos de engenharia e também acho que é por isso que é diferente (não menosprezando as outras universidades, obviamente).

  2. Eu fiz o mesmo em Engenharia Quimica e Industrial ha 45 anos e sobrevivi. Eu tinha incentivos adicionais — uma bolsa da Fundacao Fullbright para USA a espera…

Novo comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s