conversas na paragem v

Srª A: “Agora ja nem podemos ir aos saldos! Ainda hoje dizia “não sei o que vestir!” e a C. disse “podes levar qualquer coisa do meu armário” mas eu disse-lhe “vou levar aquela gabardine que comprei quando era rica”.

Srª B: “Ah. Mas nós temos o que precisamos, queremos é sempre mais qualquer coisa!”

Srª A: “Pois, isso mesmo.”

Srª B: “Ai, mas lembraste dos saldos naquela loja?”

Srª A: “Pois era, era sempre óptimo! E quando lá ia com a minha irmã? Trazíamos sempre um saco cheio!”

Srª B: “Ontem o meu filho estava a pedir-me umas camisolas de marca, e eu a ver a vida a andar para trás!!! Mas quando perguntei qual era a marca ele disse “oh mãe, é quechua, ou assim”. Aaah, meu filho, queiras tu sempre quechua, que à Decathlon ainda consigo ir! E as coisas são boas!”

Srª A: “Pois são, pois são! Eu ando a tentar n gastar, mas cedo sempre numas coisinhas. O meu marido é que parece que não gasta dinheiro, mas quando vai às compras…”

Srª B: “Viste aques sapatos amarelos da D.? Aiiii, há cada moda!”

Srª A: “E aquelas leggins sem mais nada? Ai, que horrooooor!”

Advertisements

4 thoughts on “conversas na paragem v

Os comentários estão fechados.